Marketing digital: 5 dicas para tirar proveito da crise econômica

05 de junho de 2015

marketing digital

Como se sabe, neste ano de 2015, o desempenho da economia brasileira tem sido uma preocupação para a população, o governo, e principalmente, para as empresas. Além disso, o aumento de preços também vem pesando nos bolsos dos brasileiros.

Situações de crise costumam deixar as empresas com o alerta ligado e faz com que acabem contendo gastos/investimentos que, muitas vezes, são os responsáveis por gerar receita para a empresa. Esta atitude faz ainda com que a empresa entre em um ciclo difícil de reverter.

A situação econômica é um fator muito importante a ser avaliado pela gestão da empresa e nesses momentos é importante se pensar: qual é a melhor maneira de atravessar uma crise? Contendo investimentos vitais para a empresa ou gerando caixa para capitalizar o negócio?

À primeira vista parece mais lógico conter todo tipo de gasto para enfrentar a crise, mas é importante avaliar os custos com cuidado para não comprometer ainda mais o fluxo de caixa da empresa. Por outro lado, deve-se levar em conta quais investimentos devem ser ampliados para gerar caixa e ainda sair na frente da concorrência.

O Marketing Digital é a melhor opção para quem quer fazer da crise, uma oportunidade, e aqui vão algumas dicas valiosas:

1.  Mensure o desempenho do investimento em Marketing Digital

Um dos maiores entraves do marketing tradicional é a dificuldade de mensuração dos resultados obtidos. Por exemplo, se a sua empresa resolve anunciar seus produtos/serviços em algum jornal impresso, vai ser muito difícil obter informações consistentes sobre quantas pessoas vieram até a sua empresa através do anúncio, ou, no caso de branding (campanha voltada ao fortalecimento da marca), quantas pessoas visualizaram os seus anúncios.

Esta situação não ocorre no marketing digital, onde você possui ferramentas para mensurar quase todas as interações dos usuários da web com a sua marca. Analisemos o exemplo do Google Adwords, onde é possível mensurar antes e depois de anunciar – saiba mais sobre os links patrocinados do Google. Na plataforma oferecida pelo Google é possível saber o volume de pesquisa de cada palavra-chave no buscador, segmentado por região, desta forma a sua empresa evita gastar dinheiro com anúncios que não serão pesquisados. Depois que os anúncios já estiverem online, é possível ter acesso ao número de cliques recebidos, os formulários preenchidos pelo usuário no seu site, e o valor gasto por clique no seu anúncio. Além de anúncios patrocinados do Google, existem muitas outras formas de fazer marketing na web e praticamente todas são mensuráveis.

Em tempos de crise, é fundamental controlar o custo/benefício dos seus investimentos, e o marketing digital, lhe proporcionará todas as métricas que você desejar.

2.  Aperfeiçoe constantemente

Outra grande vantagem de poder mensurar todos os aspectos das suas campanhas e estratégias, é que estes dados podem (e devem) servir como base para a constante melhoria de suas ações de marketing. Através dessas informações você poderá testar novas estratégias e melhorar as antigas.

3.  Anuncie para quem está procurando pelos seus produtos/serviços

É muito mais eficiente tentar vender para alguém que já está interessado no que você oferece, do que sair anunciando ostensivamente e esperar que isso gere algum resultado, concorda?

Se a regra é conter custos, é irracional gastar dinheiro anunciando para pessoas que muito provavelmente não comprarão o que você vende.

Através de estratégias de Inbound Marketing – que consiste em gerar conteúdo de qualidade para atrair pessoas interessadas em assuntos relacionados à sua empresa – você tem condições de gerar leads (contatos de potenciais clientes) e ir educando os clientes acerca de seus produtos. Quando os contatos tiverem consumido conteúdo o suficiente sobre os seus produtos, e tiverem o perfil alinhado com o da sua Buyer Persona – saiba mais sobre Buyer Persona – é a hora de passar estes contatos para o setor de vendas, que será responsável por oferecer produtos/serviços aos clientes.

4.  Invista tempo e economize dinheiro

Como diz o velho ditado: tempo é dinheiro! E é bem verdade que o Inbound Marketing demanda muito mais tempo do que dinheiro da sua empresa.

Criar conteúdo para os seus consumidores é um trabalho que exige tempo para pesquisar, organizar ideias e escrever continuamente a fim de conquistar a confiança dos seus clientes e gerar aproximação com a marca.

Segundo a Rock Content, 80% dos consumidores preferem buscar informações sobre um produto ou serviço, em artigos do que em um anúncio publicitário, dessa forma, o conteúdo de blogs e publicações pode ser uma ótima alternativa para a sua empresa.

5.  Esteja com os olhos no futuro

Por pior que uma crise possa parecer, temos que ter em mente que, muito provavelmente, ela vai passar! E quando o cenário econômico começar a dar sinais de melhora e a tempestade for embora, as empresas que investiram enquanto todo o mercado se retraía irão colher os frutos de seu trabalho e estarão liderando o mercado.

Crises econômicas podem ser grandes oportunidades para as empresas que se preparam e atravessam elas de forma organizada e prevenida, pois costumam eliminar a concorrência despreparada que só bagunça o mercado. Portanto, organize-se e invista em marketing digital, e com certeza a sua empresa sairá fortalecida de dentro da crise, aproveitando os bons ventos que virão.

Autor Layon em ODIG Digital Marketing Experts
Layon Hoffmann

Faça seu comentário aqui: