Buyer Persona – O que é e porque você precisa criar uma para sua empresa

23 de março de 2015

Criação de Buyer Persona O que é uma Buyer Persona? Modelo de Buyer Persona Template de Buyer Persona Exemplo de Buyer Persona Buyer Persona - O que é?

As ferramentas do marketing têm evoluído muito rapidamente, e algumas técnicas que antes eram eficazes, já não surtem tanto efeito, por isso é importante correr atrás de novas metodologias capazes de atrair novos clientes em potencial.

 

O que é uma Buyner Persona?

Buyer Persona ou apenas Persona, é o nome que se dá a um personagem fictício que representa determinado grupo de consumidores, com base em seus hábitos e comportamento de consumo. Representa o consumidor padrão de determinado bem, serviço ou conteúdo de uma organização.

 

Por que você precisa criar uma persona para sua empresa?

A Buyer Persona é uma poderosa ferramenta de marketing que serve para proporcionar intimidade entre a equipe de criação de conteúdo e o público-alvo. Desta forma, torna-se mais fácil prever as ações dos consumidores e formular estratégias de atração e captação deste público.

Como criar o perfil da Buyer Persona?

Naturalmente, o perfil deste consumidor não pode ser simplesmente inventado sem nenhuma base ou informação comportamental, visto que perderia o sentido da sua criação se não fosse para representar um comportamento humano já existente.

Para que a Buyer Persona possua o maior grau de compatibilidade possível com o consumidor real, devem ser feitas pesquisas – preferencialmente na forma de entrevistas – junto ao público que se deseja representar. Como é de se esperar, quanto maior o número de dados coletados, maior será a confiabilidade da sua Buyer Persona, e naturalmente, melhores os resultados gerados pelas suas ações direcionadas a este público-alvo.

 

Aspectos relevantes para a criação da Buyer Persona

Como a Buyer Persona representa um grupo de pessoas reais, ela deve contar com características humanas que nos permitam conhecer os fatores que influenciam suas tomadas de decisão, para tal, devem ser considerados aspectos como: objetivos pessoais e profissionais, posição social, sexo, idade e seus reflexos na personalidade, ambições, interesses pessoais, experiências de vida, etc., enfim, o maior número possível de dados que caracterize o potencial cliente como uma pessoa real, suscetível a fatores humanos. No caso de B2B (business to business) também devem ser considerados os interesses da empresa que consumirá o seu produto, visando a realidade e as soluções buscadas por ela, bem como, características do cargo e da pessoa que toma a decisão da compra em questão.

961545_799367076805420_153703450_n

Como coletar os dados?

A melhor forma de coletar dados para a criação do perfil da sua Buyer Persona é através de contato direto com os potenciais clientes. Um bom exemplo de como fazer isto, é através de e-mails e ligações telefônicas que além de proporcionar maior assertividade na pesquisa, ainda fortalece o seu relacionamento com o seu público consumidor.

Você também pode criar mais de uma Buyer Persona, e utilizá-las para jornadas de compras diferentes – não necessariamente produtos diferentes. Por exemplo, digamos que a sua empresa trabalhe com e-commerce e oferte estes dois produtos: smartphones e livros. São dois produtos diferentes, com estruturas diferentes, porém, sua jornada de compras é a mesma, pois os processos de decisão que antecedem a compra são exatamente os mesmos.

É importante tomar cuidado para não criar perfis demais, pois o objetivo da Persona é simular um grupo específico de consumidores, e essa multiplicidade excessiva de perfis causaria uma dispersão de dados que, ao invés de nos trazer mais assertividade sobre as características dos clientes, geraria ainda mais incertezas sobre os interesses dos clientes em potencial.

Abaixo está o exemplo de uma Buyer Persona:

 

Perfil de Buyer Persona

Nome: Mário Borges

Idade: 27 anos

Estado civil: Casado

Filhos: 1

Perfil: Mário cresceu em uma família tradicional de classe média e cursou a graduação em uma boa universidade particular na cidade de Porto Alegre/RS. Além disso, é pouco propenso a riscos e costuma fazer uma longa avaliação antes de tomar suas decisões.

Interesses: Gosta muito de futebol, filmes da cultura pop, tecnologia e literatura sobre gestão empresarial. Nos momentos de lazer, preza a presença da família em reuniões e passeios.

Profissão: Administrador

Empresa: MBX Esportes (empresa de médio porte)

Cargo: Gerente Financeiro

Aspirações: No âmbito profissional planeja ter uma carreira sólida na empresa onde trabalha, ascendendo à classe média alta e proporcionando boas condições para sua família.

Consumo de conteúdo: Está sempre conectado e sua principal fonte de informações é a internet, Mário se informa através de blogs, sites de notícias e redes sociais. Isto afeta o modo como ele pesquisa preço e qualidade.

Meios de comunicação: Seu principal meio de comunicação é o e-mail, mas também faz uso de Facebook e WhatsApp.

 

Agora você já pode criar uma Buyer Persona que lhe ajudará a conhecer melhor os interesses, hábitos, desejos e preferências dos seus clientes, e a partir daí, definir uma estratégia de geração de conteúdo que melhor se adapte ao seu público-alvo, direcionando de maneira eficaz as suas campanhas de marketing.

Autor Layon em ODIG Digital Marketing Experts
Layon Hoffmann

Faça seu comentário aqui: